Ir para o conteúdo principal
ADENOMIOSE- O QUE É E A QUE ESTÁ RELACIONADO

Adenomiose: o que é e como se relaciona com a endometriose

La adenomiose É uma doença ginecológica crônica, freqüente e pouco visível, que pode causar fortes dores durante a menstruação, sangramento uterino abundante e problemas de infertilidade em um grande número de mulheres.

Dr. Francisco Carmona excelência em ginecologia

autor:

Dr Francisco Carmona

Diretor Científico da Mulher.

La adenomiose é uma doença ginecológica que pode limitar muito o bem-estar físico e emocional de 20 a 35% das mulheres em idade reprodutiva. Em alguns casos não causa sintomas, mas em muitas outras ocasiões, além de sangramento uterino abundante e fortes dores pélvicas, causa problemas de esterilidade e infertilidade.

Entre os sintomas mais comuns de adenomiose são os seguintes:

  • Sangramento não relacionado à menstruação.
  • Menstruação pesada ou prolongada.
  • Menstruação dolorosa.
  • Dor durante o sexo.
  • Dor na parte de trás das costas.
  • Infertilidade

A adenomiose consiste em células do endométrio (o revestimento interno do útero) movendo-se de seu lugar natural e entrando no interior da parede muscular do útero. Essas células endometriais deslocadas (em sua nova localização na parede muscular) continuam a funcionar exatamente como fariam se não tivessem se movido de seu lugar natural.

Devido ao efeito dos hormônios do ovário, a cada novo ciclo menstrual as células deslocadas se engrossam, se degradam e acabam causando um leve desconforto na paciente, passando por fortes dores e sangramento intenso prolongado que pode acabar produzindo anemia.

ADENOMIOSE, UMA FORMA DE ENDOMETRIOSE

A adenomiose e a endometriose (doença crônica que geralmente afeta mulheres em idade reprodutiva) são doenças que podem causar muita dor, que dificultam ou previnem a gravidez e que muitas vezes não permitem que as mulheres que as sofrem tenham uma vida normal.

Na adenomiose, o tecido endometrial aparece no músculo do útero, enquanto na endometriose, o endométrio, que também se implanta fora de seu lugar normal, pode aparecer em quase qualquer lugar do corpo, desde a pélvis até a parte do abdômen onde está o reto localizado, nos ovários ou na bexiga, no fígado, intestino e apêndice, ou em áreas mais remotas, como o diafragma, pleura, pulmão, cérebro ou olhos, etc.

Atualmente, a relação entre adenomiose e endometriose continua a ser debatida entre profissionais médicos e especialistas. Para alguns, são duas doenças diferentes. Para outros, entre os quais encontramos os especialistas do CD Feminino, adenomiose é uma forma especial de endometriose.

DIAGNÓSTICO E TRATAMENTOS

A adenomiose pode ser confundida com outras doenças, como endometriose, miomas uterinos ou síndrome do intestino irritável, porque os sintomas de todas elas podem ser semelhantes.

Devido à semelhança dos sintomas, muitas mulheres demoram anos para serem diagnosticadas ou nunca recebem o diagnóstico correto e, portanto, nunca podem se beneficiar de receber o tratamento médico adequado.

Se houver suspeita, tanto a ultrassonografia transvaginal quanto a ressonância magnética nuclear são ferramentas diagnósticas não invasivas de grande precisão ”.

Porém, é conveniente saber que, em caso de suspeita, tanto a ultrassonografia transvaginal quanto a ressonância magnética nuclear são ferramentas diagnósticas não invasivas e de grande precisão na detecção da adenomiose.

O TRATAMENTO DA ADENOMIOSE EM CD MULHERES

O tratamento mais adequado é determinado pela idade da paciente, pela intensidade dos sintomas e pelo desejo de procurar uma gravidez no futuro.

En Mulheres, temos a experiência e a especialização imprescindível para oferecer aos nossos pacientes as opções terapêuticas mais adequadas às suas circunstâncias, desde os tratamentos médicos aos mais avançados tratamentos cirúrgicos, que aliviam os sintomas e permitem ao paciente uma vida mais confortável, mais plena e plena. Maior qualidade.

Mulher, ao seu lado

Se precisar de mais informações ou quiser fazer uma pergunta, não hesite em nos contatar:

Whatsapp: 34 934 160 606

o email: info@mulheres.es

Marque uma reunião com a nossa equipa

    Este post tem 0 comentários

    Deixar uma resposta

    Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    Este site usa cookies para que você tenha a melhor experiência do usuário. Se você continuar a navegar você está dando seu consentimento para a aceitação dos cookies acima mencionadas e aceitação do nosso política de biscoitos, Clique no link para mais informações.bolinhos de plugin

    ok
    Aviso de cookies
    SOLICITE UMA DATA